Impacto de palestras motivacionais e referenciais na escolha profissional de alunos do Ensino Médio público

Maryana Helena Fernandez de Assis, Edson Guilherme Vieira, Maria Luana Alves, Ana Paula dos Santos Pereira

Resumo


Escolher é parte do processo natural da vida. Deparamos constantemente com adolescentes confusos, até mesmo sem nenhum tipo de opinião, quando nos referimos à iniciação [ou escolha?] de uma carreira profissional. A orientação profissional ajuda o jovem no sentido de prover reflexão, isto é, não tem como objetivo oferecer respostas ao adolescente, mas sim auxiliá-lo no processo da escolha profissional. Trata-se de uma alternativa muito importante nesta fase da vida, pois na maioria dos casos estes adolescentes não apresentam o hábito de refletir sobre o futuro, porque suas emoções suas expectativas e idealizações em relação às profissões estão extremamente afloradas. Verificar o impacto de palestras motivacionais e referenciais aplicadas a alunos do ensino médio público em sua escolha profissional foi a ação principal no projeto. ?O público alvo constituiu-se de 388 alunos de uma escola de ensino médio público de Ilha Solteira/SP. Numa primeira etapa, ciclos anuais de palestras motivacionais foram realizados no período de 2008 a 2012. Os temas escolhidos abrangeram as três grandes áreas do conhecimento, e nelas foram abordadas as principais características dos cursos de maior interesse por parte dos alunos. Os ciclos de palestras motivacionais foram realizados por profissionais com histórico de vida similar ao dos alunos e, além de discorrer sobre uma profissão específica, cada um deles, ao final da palestra, fez um depoimento de seu histórico de vida. Numa segunda etapa, em 2013, uma entrevista foi realizada via Facebook®, para verificar a influência das palestras na escolha da carreira profissional e a importância dessa atividade para os alunos do ensino médio. Dos alunos atendidos, 193 tinham perfil no Facebook® e foram contatados; desses, 50 alunos (26%) responderam ao contato. Dos alunos que responderam à entrevista, 20 (40%) deles frequentaram ou frequentam uma faculdade, sendo que há a predominância de instituição particular (15, 75%) em relação à instituição pública (5, 25%). Durante a entrevista, o curso de direito foi o mais citado. Em relação à importância dos ciclos de palestras para os alunos, a maioria (39 alunos - 78%) relatou que foram de grande importância para a escolha profissional, 3 (6%) opinou que não foram importantes, 3 alunos (6%) acharam indiferentes e 5 alunos (10%) não opinaram. Dos 20 alunos, que estão cursando faculdade, 13 (65%) afirmaram que as palestras ajudaram a definir o curso que fez ou está fazendo. O restante (35%) relatou que não houve influência, pois já havia escolhido o curso anteriormente. No presente estudo, notou-se que as estratégias utilizadas influenciou um número significativo de alunos no direcionamento profissional e instigou sua curiosidade na escolha da carreira.

Palavras-chave


Ensino Médio público. Motivação. Carreira profissional.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.