Laboratório ambulante de química: instrumento de extensão universitária

João Rufino de Freitas Filho, José Henrique Berto ângelo, Janieire Dorlamis Cordeiro Bezerra, Camila Soledade de Lira, Suelâeny Aparecida de Andrade, Ivoneide Mendes da Silva, João Sales de Souza Filho

Resumo


As práticas pedagógicas adotadas no ensino de Ciências estão, em geral, distantes da realidade do estudante. Para que o ensino de Química se torne, ao mesmo tempo, útil e atraente é necessário mais que repassar informações, é preciso uma ação dos estudantes na utilização destas informações durante o processo de ensino-aprendizagem. Este trabalho tem como objetivo descrever experiências ocorridas no projeto de extensão "Laboratório ambulante de Química: instrumento de extensão universitária", da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Trata-se de um projeto que objetiva auxiliar os estudantes do município de Garanhuns e cidades circunvizinhas no aprendizado da disciplina de Química, através de kits, que funcionam como Laboratório Ambulante (experimentos e jogos). A metodologia adotada incluiu a realização de reuniões semanais entre quatro graduandos, dois técnicos e dois professores para fundamentação teórica, discussão e elaboração das atividades experimentais e lúdicas. Os resultados mostraram que, em geral, os estudantes sentem falta de atividades práticas para o ensino de Ciências e que este tipo de atividade pode contribuir com ideias e oportunidades para que os docentes melhorem a sua prática pedagógica.


Palavras-chave


Laboratório ambulante. Experimentação. Ensino de química.

Texto completo:

ARTIGO - PDF


Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.