Diagnósticos de enfermagem conforme a teoria do autocuidado de Orem para pacientes em tratamento hemodialitico

Maria Luiza Rêgo Bezerra, Paulo Roberto da Silva Ribeiro, Adriana Alves de Sousa, Aline Isabela Saraiva Costa, Talita de Sousa Batista

Resumo


Estudo de caráter transversal, quantitativo, qualitativo, descritivo, exploratório e bibliográfico, resultante da realização do Projeto Terapia anti-hipertensiva em pacientes com doença renal crônica (DRC) em diálise na Clínica de Doenças Renais (CDR) no Município de Imperatriz - MA. Assim, este trabalho objetivou analisar diagnósticos de enfermagem, identificados à luz da Teoria do Autocuidado e baseados na taxonomia II da NANDA-I, bem como identificar o perfil socioeconômico de pacientes portadores de DRC em hemodiálise. Para tanto, foram entrevistados 40 pacientes no período de abril a setembro de 2010. A análise dos dados demonstrou que 75% dos pacientes são homens, 70% católicos, 65% são casados, 30% encontram-se na faixa etária de 51 a 65 anos e 35% possuem renda mensal de 1 a 2 salários mínimos. Os diagnósticos de enfermagem identificados foram: controle eficaz do regime terapêutico, nutrição desequilibrada menos que as necessidades corporais, risco de desequilíbrio do volume de líquidos, fadiga, estilo de vida sedentário, conhecimento deficiente, risco de sentimento de impotência, risco para baixa autoestima situacional, desesperança, disposição para o bem estar espiritual aumentado, risco de infecção e proteção ineficaz. Além disso, os fatores que influenciaram na demanda terapêutica de autocuidado a partir dos diagnósticos identificados foram relacionados e discutidos. Dessa forma, a DRC associada à hemodiálise tem desenvolvido no paciente uma maior necessidade de atenção e apoio para não fraquejar diante desta patologia e do processo terapêutico, para tanto, tem-se o processo de enfermagem, como instrumento do cuidar humanizado que permite ao enfermeiro mimetizar estas necessidades

Palavras-chave


Diagnósticos de enfermagem. Hemodiálise. Autocuidado

Texto completo:

ARTIGO - PDF


Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.