O papel educacional do CEMAARQ: desafios e transformações conceituais, valorizando a educação e atraindo mais público

Juliana da Luz Rocha, Leonice Bigoni, Ruth Künzli

Resumo


Introdução: Os museus são atualmente reconhecidos por sua missão cultural, que, além das funções de preservar, conservar, pesquisar e expor, apresentam-se também como campo fértil para as práticas educativas. O Centro de Museologia, Antropologia e Arqueologia/CEMAARQ da FCT/UNESP de Presidente Prudente tem o compromisso de colocar-se a serviço de uma sociedade em constante transformação, orientando os trabalhos desenvolvidos a fim de sensibilizar os visitantes sobre o seu patrimônio cultural, empreendendo um diálogo constante com os diferentes públicos que o freqüentam. Objetivos: Encantamento, curiosidade, descoberta, diversão, prazer, passeio, sociabilidade, debate, pesquisa, trabalho de campo e aprendizagem são os objetivos do CEMAARQ. Métodos: No CEMAARQ são desenvolvidas pesquisas nas áreas de Arqueologia Pré-histórica e Antropologia e divulgadas através dos três seguintes projetos: o “Projeto Museu-escola, dialogando com a interdisciplinaridade”, o“Projeto Circuito Científico Cultural” e o “Projeto Ciência na Unesp”, bem como através de apresentações em Congressos e publicações. Esses projetos contam com um total de sete bolsistas e oito docentes dos vários departamentos da Unidade. A equipe de monitores está capacitada para atender os diferentes públicos, tanto em função de várias idades, bem como com formações diversas, adequando os conteúdos e as atividades de acordo com os objetivos e nível de compreensão e interesse de cada um (faixa etária, grau de escolaridade, objetivo da visita e portadores de deficiências), fazendo com que as visitas sejam recebidas como atividades interativas para que aprendam e se interessem pelas exposições. Para tanto, são desenvolvidas atividades como “Hora da Lenda/Teatro de Fantoches, Hora da Música, Sensibilidade Tátil, além de várias brincadeiras. Resultados: Os trabalhos, de caráter educativo e interativo têm feito crescer o público no museu e nos demais setores que se incluem no Projeto chamado Circuito Científico Cultural, o mesmo ocorrendo também nas semanas comemorativas que são realizadas durante o ano, tais como “Semana do Índio”, “Semana Nacional de Museus”, e “Semana do Folclore”, realizadas dentro e fora do Campus. Hoje, o público anual do Museu ultrapassa os 14.000 visitantes e com um resultado muito satisfatório, o que pode ser constatado através das avaliações aplicadas ao final das visitas, quando os professores podem expressar a sua opinião sobre o aprendizado de seus alunos e fazer sugestões, as quais servem de retro-alimentação para as atividades do CEMAARQ.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.