Educação sobre diabetes por meio de analogias e modelos didáticos

Ludimila Canuto Faccioni, Raquel Dos Santos Silva, Taís Rosa Calisto

Resumo


O presente trabalho trata de um relato de experiência vivenciado por acadêmicas do Curso de Medicina da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) enquanto integrantes do Projeto de Extensão “A Célula e a Origem da Doença: Um tema médico desafiador para o Ensino Médio”, em 2016. As estações de ensino de responsabilidade das acadêmicas tiveram como objetivo apresentar analogias e modelos didáticos tridimensionais como estratégias pedagógicas para a construção de saberes sobre os mecanismos celulares promotores da diabetes mellitus tipo II para alunos do ensino médio. Nesse contexto foram abordados principalmente assuntos como: a digestão e a absorção de carboidratos, a produção e ação da insulina, a função de receptores e transportadores celulares como SGLT1 e GLUT 4. Percebeu-se que as ferramentas utilizadas são instrumentos que despertam o interesse do estudante ao conteúdo, sugerindo que as formas de ensinar empregadas nesse projeto estimulou o aprendizado sobre os aspectos celulares da diabetes mellitus.  Quanto as acadêmicas, a percepção foi de que o projeto possibilitou que desenvolvessem responsabilidades, iniciativas e sensibilidade no ato de ensinar e provocar o aprendizado de forma clara e compreensível, aspectos fundamentais para uma atuação médica preventiva e humanizada.

 


Palavras-chave


Modelos didáticos tridimensionais. Analogias. Célula. Diabetes. Ensino Médio.

Texto completo:

PDF

Referências


AL-GOBLAN, A. S.; AL-ALFI, M. A.; KHAN, M. Z. Mechanism linking diabetes mellitus and obesity. Diab, Met Syn Obes, v. 7, n. 4, p. 587-591, 2014.

AMORIM, Alessandra dos S. A influência do uso de jogos e modelos didáticos no ensino de Biologia para alunos de Ensino Médio. 2013. 50p. Monografia (curso de licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual do Ceará - UABUECE, Beberibe, 2013.

BRASIL. Cadernos de atenção básica, nº 36: Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica diabetes mellitus. 1. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise de Situação de Saúde. Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) no Brasil 2011-2022. Brasília: Ministério da Saúde, 2011.

GOLDMAN, Lee; SCHAFER, Andrew. Goldman Cecil Medicina. 24 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2014. cap. 237, p. 1711-1722.

GOULART, F.A.A. Organização Pan-Americana de Saúde. Doenças crônicas não transmissíveis: estratégias de controle e desafios e para os sistemas de saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2011.

HALL, John E.; GUYTON, Arthur C. Insulina, glucagon e diabetes mellitus. In: HALL, John E.; GUYTON, Arthur C. Tratado de fisiologia médica. 12. ed. Rio de Janeiro, RJ: Elsevier, 2011. cap. 78, p. 987-1003

ISER, Betine Pinto Moehlecke et al. Prevalência de diabetes autorreferido no Brasil: resultados da Pesquisa Nacional de Saúde 2013. Epidemiol. Serv. Saúde, Brasília , v. 24, n. 2, p. 305-314, 2015.

JUNQUEIRA, L.C.; CARNEIRO, J. Biologia Celular e Molecular. 11o ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013.

KAHN, C. R. et al. Joslin: diabetes mellito. 14. ed. Porto Alegre, RS: Artmed, 2009.

LINHARES, S.; GEWANDSZNAJDER, F. Biologia Hoje. 2o ed. São Paulo: Ática, 2012.

MACHADO, Ubiratan Fabres. Transportadores de glicose. Arq Bras Endocrinol Metab, v. 42, p. 413 – 421, 1998.

NELSON, Davis L; COX, Michael M. Princípios de Bioquímica de Lehninger. São Paulo, Artmed, 2011.

ORLANDO, Tereza C. et al. Planejamento, montagem e aplicação de modelos didáticos para abordagem de Biologia celular e Molecular no Ensino Médio por graduandos de Ciências Biológicas. Rev. Br. Ens BIOQ Biomol, v. 10, p. 1-17, 2009.

RAVIOLO, Andrés; GARRITZ, Andoni. Analogias no ensino do equilíbrio químico. QNEsc, n. 27, 2008.

THE DIABETES PREVENTION PROGRAM (DPP) RESEARCH GROUP. The Diabetes Prevention Program (DPP): Diab Care. 2002 December; 25(12): 2165–2171.

VASQUES, Ana Carolina J. et al. Análise Crítica do Uso dos Índices do Homeostasis Model Assessment (HOMA) na Avaliação da Resistência à Insulina e Capacidade Funcional das Células-beta Pancreáticas. Arq Bras Endocrinol Metab, v. 51, p 32-39, 2008.

ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: ArtMed, 1998.




Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.