Ações interativas no combate a dengue e chikungunya em Divinópolis/MG, Brasil.

Juliano de Paula Souza, Carla Daiane Ferreira de Sousa, Jaqueline Maria Siqueira Ferreira, Karina Marjorie Silva Herrera

Resumo


Considerando o alto índice de casos de dengue e o surgimento recente de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, o Projeto de Extensão “Ações interativas no combate a dengue e chikungunya em Divinópolis/MG/Brasil” vinculado à PROEX – Pró-Reitoria de Extensão, da UFSJ – Câmpus Centro Oeste Dona Lindu, teve por objetivo realizar atividades de educação em saúde visando à conscientização de crianças entre 6 e 10 anos de idade. Trinta eventos, em dez escolas do Ensino Fundamental I, foram promovidos e cada evento incluiu uma palestra, uma apresentação de vídeo, uma atividade de desenho e a entrega de panfletos informativos sobre as doenças. Os resultados obtidos foram avaliados com a participação efetiva das crianças, com base nas perguntas feitas por elas e nos desenhos e frases coerentes com o tema apresentado. Acredita-se que este trabalho tenha adotado uma abordagem eficiente e colaborado para formação e conscientização do público alvo direto, as crianças, e, indiretamente, para uma parte da sociedade relacionada a essas crianças, como amigos e familiares.

 


Palavras-chave


Dengue. Chikungunya. Educação em saúde. Aedes aegypti.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Saúde, 2014. Preparação e resposta à introdução do vírus chikungunya no Brasil. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/ bvs/publicacoes/preparacao_resposta_virus_chikungunya_brasil.pdf. Acesso em: 11 fev. 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde, 2015. Boletim epidemiológico, Minas Gerais. Disponível em: http://www.saude.mg.gov.br/dengue/story/6891-informe-epidemiologico-da-dengue-03-04-2015#n. Acesso em: 18 jan. 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde, 2016. Monitoramento dos casos de dengue, febre de chikungunya e febre pelo vírus Zika até a Semana Epidemiológica 52, 2015, Boletim epidemiológico, v. 47, n. 3, 2016.

CARDOSO, C. W., KIKUTI, M., PRATES, A. P. P. B. et al. Unrecognized Emergence of Chikungunya Virus during a Zika Virus Outbreak in Salvador, Brazil. Plos Neglected Tropical Diseases, v. 23, p. 1-8, 2017.

CHATCHEN, S.; SABCHAREON, A.; SIRIVICHAYAKUL, C. Serodiagnosis of asymptomatic dengue infection. Asian Pacific Journal of Tropical Medicine, v. 10, n. 1, p. 11-14, 2017.

DIAS, L. B. A.; ALMEIDA, S. C. L.; HAES, T. M. et al. Dengue: transmissão, aspectos clínicos, diagnóstico e tratamento. Medicina (Ribeirão Preto), v. 43, n. 2, p. 143-152, 2010.

DIVINÓPOLIS. Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis/MG (SEMUSA). Boletim epidemiológico de Dengue, 2015.

DIVINÓPOLIS. Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis/MG (SEMUSA). Boletim Epidemiológico de Dengue, 2016.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Minas Gerais, Divinópolis. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?codmun =312230. Acesso em: 18 jan. 2016.

KITTAYAPONG, P.; OLANRATMANEE, P.; MASKHAO, P. et al. Mitigating diseases transmitted by Aedes mosquitoes: a cluster-randomised trial of permethrin-impregnated school uniforms. Plos Neglected Tropical Diseases, v. 19, p. 1-12, 2017.

LEVANTAMENTO DE ÍNDICE RÁPIDO DE Aedes aegypti (LIRAa), 2015. LIRAa revela risco de epidemia de dengue em Divinópolis. Disponível em: http://g1.globo.com/mg/centro-oeste/noticia/2015/01/liraa-2015-revela-risco-de-epidemi a-de-dengue-em-divinopolis.html. Acesso em: 15 fev. 2016.

ST. JOHN, A. L.; ABRAHAM, S.N.; GUBLER, D. J. Barriers to preclinical investigations of anti-dengue immunity and dengue pathogenesis. Nature Reviews Microbiology, v. 11, n. 6, p. 420-426, 2013.




Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.