Matemática acessível: palestras que promovem a contextualização como ferramenta motivadora

Érica Regina Filletti Nascimento, Ricardo de Sá Teles, Flávio Andrade Faria, Sidineia Barrozo, Marisa Veiga Capela, Jorge Manuel Vieira Capela, Júlia Sawaki Tanaka

Resumo


A importância da Matemática no desenvolvimento do raciocínio lógico e de habilidades essenciais na formação de um cidadão é inquestionável, porém no Brasil e, em particular no Estado de São Paulo, os indicadores de competência na matéria, obtidos nas avaliações realizadas no âmbito estadual, nacional e mundial, permanecem em níveis alarmantes. Reverter esta situação é fundamental para promover o desenvolvimento sustentável do país e, no intuito de dar alguma contribuição neste sentido, mesmo que somente em nível local, os docentes da área de Matemática do Instituto de Química da UNESP, Câmpus de Araraquara, desenvolvem um Projeto de Extensão denominado “Matemática acessível para todos” que tem por objetivo levar Palestras às escolas públicas de Araraquara e região, focadas na proposta de ensinar Matemática por meio da contextualização, modelagem e resolução de problemas. Espera-se com isso motivar os alunos a estudar e compreender a matéria, assim como apresentar aos docentes, novas possibilidades para abordar os conteúdos, dando significado aos mesmos. O presente artigo relata a experiência deste Projeto e seus primeiros resultados, que já vêm se mostrando bastante positivos, principalmente ao despertar nos alunos do Ensino Médio o interesse em aprofundar seus estudos em Matemática por meio da iniciação científica promovida pelo programa PIBIC Jr – UNESP/CNPq. A parceria estabelecida entre os docentes envolvidos no Projeto e as escolas públicas tem possibilitado a realização destas orientações e auxiliado no acesso destes alunos em excelentes universidades públicas, via vestibular.

Palavras-chave


Matemática; contextualização; ensino médio

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, L. W.; SILVA, K. P.; VERTUAN, R. E. Modelagem matemática na educação básica. São Paulo: Contexto, 2012.

BARBOSA, R. M. Descobrindo padrões Pitagóricos: geométricos e numéricos. São Paulo: Atual, 1993.

BASSANEZI, R. C. Ensino-aprendizagem com modelagem matemática. São Paulo: Contexto, 2011.

BIEMBENGUT, M. S.; HEIN, N. Modelagem matemática no ensino. São Paulo: Contexto, 2013.

BRASIL. Atlas do desenvolvimento humano no Brasil. 2013. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2016.

_____. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: matemática: Terceiro e quarto ciclos do Ensino Fundamental. Brasília, DF, 1998. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2016.

D’AMBROSIO, U. Educação Matemática: da teoria à prática. Papirus Editora, 2014.

EVES, H. Introdução à história da matemática. 5. ed. Campinas: Ed. da Unicamp,

MOREIRA, L. M.; MARANDINO, M. Teatro de temática científica: conceituação, conflitos, papel pedagógico e contexto brasileiro. Ciência & Educação, Bauru, v. 21, n. 2, p. 511-523, 2015.

MORGADO, A. C.; WAGNER, E.; ZANI, S. C. Progressões e matemática financeira.

Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Matemática, 2001.

ORGANISATION FOR ECONOMIC CO-OPERATION AND DEVELOPMENT (OECD). Brazil Country Note: results form PISA 2012. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2016.

______. Relatório Nacional PISA 2012: resultados brasileiros 2012. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2016.

PAVIS, P. Dicionário de teatro. São Paulo: Perspectiva, 2008.

SOUZA, J. C. M.; TAHAN, M. Matemática divertida e curiosa. Rio de Janeiro: Record, 1999.

STEWART, J. Cálculo. 7.ed. São Paulo: Cengage Learning, 2013. v. 1.

TAHAN, M. O homem que calculava. Rio de Janeiro: Record, 2010. v. 79.

VASCONCELOS, M. B. F. A contextualização e o ensino de matemática: um estudo de caso. 2008. Dissertação (Mestrado)- Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2008.




Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.