Reciclagem e sustentabilidade: a experiência do Projeto Previl

Pedro José Rebouças Filho, James José de Brito Sousa, Denis Fernandes Alves

Resumo


Graças ao PET – Poli (Tereftalato de Etileno), considerado o melhor e mais resistente tipo de plástico e que pode ser totalmente reciclado, viabilizou-se, nos últimos vinte anos, uma crescente indústria de reciclagem no mundo. O presente artigo, nesse sentido, surgiu a partir dos resultados de um projeto de extensão promovido pelo Departamento de Economia, da Universidade Regional do Cariri (URCA), intitulado “Assessoria Econômica e Ambiental ao Projeto de Reabilitação Vida Livre – PREVIL”, de autoria dos mesmos autores deste artigo. O PREVIL é mantido pela Igreja Batista por meio de doações na Cidade do Crato no Ceará com o objetivo de ressocializar pessoas em situação de risco nas ruas por causa do uso de drogas, doenças mentais e/ou abandono familiar. Dentre as várias ações realizadas pelo PREVIL, destaca-se a oficina de fabricação de vassouras a partir da reciclagem de garrafas PET como forma de ocupação dos acolhidos da qual resulta, para eles, uma geração de renda. A partir das visitas técnicas do projeto de extensão, constatou-se, para efeitos de se inferir, dentro do escopo da abordagem da sustentabilidade social, ambiental e econômica do mercado, a necessidade de estudar os custos de produção das vassouras recicladas de garrafas PET, considerando o preço final arbitrado de venda das vassouras que atualmente é R$8,00/Un. Esse problema econômico, que certamente afeta também as variáveis sociais e ambientais do PREVIL, foi o ponto de partida da pesquisa, que busca inferir sobre os seguintes objetivos: (i) analisar o fluxo de caixa da oficina de fabricação de vassouras a partir da reciclagem de garrafas PET e (ii) demonstrar a viabilidade financeira deste projeto. A metodologia utilizada neste trabalho consistiu em uma análise de viabilidade econômico-financeira realizada por meio dos seguintes indicadores: Relação Benefício/Custo (B/C), Valor Presente Líquido (VPL) e Taxa Interna de Retorno (TIR). Todos os dados da pesquisa, de origem primária, foram coletados nas diversas visitas técnicas ao Projeto PREVIL. Os resultados da pesquisa indicaram que o projeto de fabricar vassouras a partir da reciclagem de garrafas PET é viável financeiramente ao preço unitário de venda das vassouras fixado em R$ 8,00/Un.


Palavras-chave


PET. Reciclagem. PREVIL. Vassouras.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.