Campanha de vacinação contra raiva animal realizada por alunos na região de Descalvado/SP

Karina Paes Bürger, Carla Resende Bastos, Carolina de Alvarenga Cruz, Fernanda Cassioli de Moraes, Annelise Carla Camplesi, Luciano Melo de Souza

Resumo


Uma das principais medidas de controle da raiva é a vacinação dos animais domésticos em áreas urbanas, sendo esta ação responsável pela diminuição do número de casos de raiva animal, prevenindo consequentemente, a raiva humana. O presente trabalho objetivou relatar a experiência da campanha de vacinação contra raiva animal na região de Descalvado/SP realizado pelos alunos da Universidade Camilo Castelo Branco (UNICASTELO) nos meses de agosto a outubro de 2009, nos Municípios de Américo Brasiliense, Descalvado, Dourado, Leme, Pirassununga, Porto Ferreira, Santa Rita do Passa Quatro e São Carlos, Estado de São Paulo, que juntas totalizam cerca de 510.622 habitantes. Foram vacinados 87.257 animais, correspondendo em média a 1 animal vacinado para cada 6 habitantes, demonstrando a eficácia da campanha.

Palavras-chave


Extensão. Saúde Pública. Zoonoses.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, M. C. G. P. et al. Estimation of the dog and cat population in the State of São Paulo. Revista Saúde Pública, v. 39, p. 891-897, 2005.

ARAÚJO, F. A. A. A situação da raiva no Brasil. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE RAIVA, 2000, São Paulo. Anais... São Paulo: Instituto Pasteur, 2000. p. 22.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.203, de 5 de novembro de 1996. Disponível em: . Acesso em: 14 fev. 2014.

COSTA, W. A. da. Aspectos práticos na prevenção da raiva humana. Jornal de Pediatria, v. 75, p. 135-148, 1999. Supl.1.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Senso populacional de 2009. Disponível em:

. Acesso em: 14 fev. 2014.

ITO, F. H. Programa Nacional do Controle da raiva em herbívoros: revisão sobre raiva em herbívoros. 2005. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2009.

KOTAIT, I.; CARRIERI, M. L.; TAKAOKA, N. Y. Raiva: aspectos gerais e clínica. São Paulo: Instituto Pasteur, 2009. (Manual Técnico do Instituto Pasteur, n. 8). Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2012.

LAZARINI, S. R. F. Antigenic and genetic study of rabies virus isolated from humans in Brazil. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE RAIVA, 2003, São Paulo. Resumos. São Paulo: Instituto Pasteur, 2003. p. 16-17.

MATTER, H. et al. Dog ecology and dog rabies control. Reviews of Infectious Diseases, v. 10, p. 684-688, 1988.

MODOLO, J. R. Campanhas de vacinação contra a Raiva da FMVZ - UNESP - Botucatu, premiação pela OPAS/OMS/GARC. Dia mundial contra a Raiva. 2011. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2011.

PFUETZENREITER, M. R.; ZYLBERSZTAJN, A.; AVILA-PIRES, F. D. Evolução histórica da Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Pública. Ciência Rural, v. 34, n. 5, p. 1661-1668, set-out, 2004.

REICHMANN, M. L. A. et al. Vacinação contra a raiva de cães e gatos. São Paulo: Instituto Pasteur, 1999.

SANTANA, L. R. et al. Posse responsável e dignidade dos animais. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE DIREITO AMBIENTAL, 8., 2004. [Trabalhos apresentados]. São Paulo: [Instituto O Direito por um Planeta Verde], 2004. p. 533-552. Disponível em: . Acesso em: 15 abril 2013.

SÃO PAULO. Secretaria do Estado de São Paulo. Raiva humana por espécie agressora 1986-2010. 2011. Disponível em: 296 . Acesso em: 7 jul. 2011.

SCHNEIDER, M. C. et al. Controle da raiva no Brasil de 1980 a 1990. Revista de Saúde Pública, v. 30, p. 196-203, 1996.

SWAMY, H. S. et al. Neurological complications due to Semple-type antirabies vaccine: clinical and therapeutic aspects. Journal of Association Physicians India, v. 39, p. 667-669, 1991.

WANDELER, A. I. et al. The ecology of dogs and canine rabies: selective review. Revue Scientifique et Technique De L`Office International Des Epizooties, v. 12, p. 51-71, 1993.

WILLOUGHBY, R. E. Jr. Rabies Rare Human Infection. Pediatric Infectious Disease: Part I. Infectious Disease Clinics of North America, v. 29, p. 1-14, 2015.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Guidelines for dog rabies control. Geneva, 1987. (Unpublished document VPH/ 83.43 Rev.1).

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Guidelines for dog population management. Geneva, 1990. Disponível em: . Acesso em: 10 jun. 2015.




Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.