Influência do teor de argila nas relações entre os atributos químicos de solos no Noroeste do Estado de São Paulo

José Eduardo Soria, Maria Julia Betiolo Troleis, Marcelo Rodrigo Alves, Rafael Montanari, Marcelo Andreotti

Resumo


O conhecimento das relações entre os atributos do solo e seu comportamento é imprescindível para compreensão de sua influência na produtividade das culturas. O estudo teve como objetivo avaliar a influência da granulometria em sua relação com atributos químicos na região noroeste do Estado de São Paulo. Foram avaliados 638 pontos amostrais, coletados em duas profundidades (0-0,25 e 0,25-0,50 m) compreendendo uma área de 18.600 ha, a qual foi avaliada por meio de análises de correlação e regressão para os atributos: teores de argila (AG), teor de matéria orgânica do solo (MO), capacidade de troca de cátions (T), pH em água (pH) e saturação de bases (V). O pH foi o atributo que apresentou a menor influência da variação da granulometria do solo. As relações, MOxT e pHxV, apresentaram variações de comportamento com o aumento do teor de argila. A correlação entre atributos do solo e  produtividade das culturas não pode ser observada isoladamente, visto que o comportamento destes atributos e suas relações são alterados com a mudança do teor de argila, proporcionando assim diferenças de relações solo-planta.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.32929/2446-8355.2019v28n1p111-122

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Cultura Agronômica: Revista de Ciências Agronômicas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Cultura Agronômica
Ilha Solteira - SP
E-ISSN 2446-8355
E-mail: rca.feis@unesp.br
    
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.