Notícias

SOCIODRAMA REALIZADO NA UNESP RECEBE MENÇÃO HONROSA NO CONGRESSO BRASILEIRO DE PSICODRAMA

 
http://www.unesp.br/portal#!/noticia/22098/sociodrama-da-unesp-e-premiado-em-congresso-brasileiro-/  
Publicado: 2016-05-30 Mais...
 

I MOSTRA DE ARTES E PROMOÇÃO DA SAÚDE COSTSA

 

 

 

“Desde tempos imemoriais as manifestações artísticas são o documentário psíquico da coletividade e simultaneamente as representações da singularidade dos indivíduos. Já no século 5 AC existem registros da Arte sendo usada na Grécia, como um recurso terapêutico para promoção, manutenção e recuperação da saúde. Desde aquela época a arte era considerada como reveladora, transformadora e colaboradora na construção de seres mais criativos e saudáveis” (Philippini).

 

Nessa perspectiva, a COSTSA/PRAd/Reitoria realizou juntamente com a Seção Técnica de Saúde do Campus de Rio Claro a "I Mostra de Arte e Promoção da Saúde" com objetivo de apresentar modalidades expressivas tão variadas quanto a criatividade de seus artistas, contribuindo para estimular e divulgar trabalhos expressos mediante recursos diversos, além de propiciar reflexões sobre a interface da arte no bem-estar e na promoção da saúde.

A mostra ocorreu no dia 13 de agosto último no Auditório do  prédio da Administração do Instituto de Neociências e Ciências Exatas - IGCE, em Rio Claro.

 

Confira as fotos da exposição no link

<https://drive.google.com/folderview?id=0B736eS4IDgrTfmJnZ0lOMDhaMjlfTjRMVlYxU2FmUVB6ejFPaUZnNGJjXzNUbDJ4TTVRNjg&usp=sharings>

 

 
Publicado: 2015-09-14 Mais...
 

I SEMINÁRIO DE PSICOLOGIA AMBIENTAL e XI SIPAT - FCL CAMPUS DE ASSIS

 

Objetivo do Evento: O Laboratório de Psicologia Ambiental do Departamento de Psicologia Experimental e do Trabalho (LAPA - PET) e a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho, uniram esses dois eventos visando envidar esforços em prol da promoção da saúde humana e ambiental.

Participem!

www.inscricoes.fmb.unesp.br/fcl

 

 
Publicado: 2015-08-04 Mais...
 

COSTSA realiza o IV Fórum de Gestão e Saúde no Trabalho

 

divulgado em

http://www.unesp.br/portal#!/noticia/18092/iv-forum-de-gestao-e-saude-no-trabalho/

 
Publicado: 2015-07-01
 

Unesp Recebe Menção Honrosa no 8º Congresso de Reabilitação e Readaptação Profissional

 

divulgado em

http://www.unesp.br/portal#!/noticia/18098/8-congresso-de-reabilitacao-e-readaptacao-profissional/

 
Publicado: 2015-07-01
 

I CONCOSTSA

 
1
 
Publicado: 2014-06-10
 

COSTSA recebe Prêmio Congresso de Reabilitação

 
Daniel Patire
Professora Maria Luiza (segunda a direita) segura troféu conquistado com trabalho feito com o grupo do Costsa

Estudo sobre readaptação após volta ao trabalho é premiadoPesquisa de Assis identifica influência de aspectos psicossociais

[16/08/2012]

A Coordenadoria de Saúde e Segurança do Trabalhador e Sustentabilidade Ambiental (COSTSA/PRAd), órgão da Pró-Reitoria de Administração (Prad) da Unesp, recebeu o 3º Prêmio de Reabilitação na Categoria Órgãos Públicos. A premiação foi feita durante cerimônia realizada durante o VI Congresso de Reabilitação Profissional, no dia 15 de agosto, no Centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo, SP.

O trabalho premiado, com o título de “Interdisciplinaridade na Readaptação ao Trabalho: Avanços e Desafios”, trata do conteúdo relativo à identificação da influência de aspectos psicossociais que podem contribuir para eficácia bem como atuar como impeditivos para o processo de readaptação ao trabalho.

 

Os autores são Walnei Fernandes Barbosa e Maria Luiza Gava Schmidt (mlschmidt@uol.com.br), respectivamente, coordenador do COSTSA/PRAd e professora do Departamento de Psicologia Experimental e do Trabalho da Faculdade de Ciências e Letras, Câmpus de Assis, e integrante dessa coordenadoria.

 

O estudo

No texto apresentado, os autores falam sobre os impactos causados na vida dos trabalhadores que retornam ao trabalho após o afastamento por adoecimento ao acidente de trabalho, tomando como referência três conceitos da Teoria Socionômica descrita pelo médico psiquiatra Jacob Levy Moreno (1889 - 1974).

 

Os três principais conceitos de sua teoria (Espontaneidade -Criatividade, Tele e Papel) foram escolhidos para discussão teórica, pois que, para ele, a saúde física, psíquica e relacional do indivíduo está associada ao desenvolvimento desses três eixos.

 

Walnei e Maria Luiza mostram como o processo de readaptação requer uma variedade de respostas adequadas e, portanto, está permeado da necessidade de espontaneidade-criatividade, para lidar com situações que abrangem: o esforço despendido para assimilar novas habilidades e competências, a compreensão para o bom desenvolvimento das novas atribuições que lhe são conferidas no papel profissional, a criação e fortalecimento de novos vínculos sociais, o resgate daquilo de perdeu em decorrência do afastamento, entre outros.

 

Dependendo da maneira como o indivíduo percebe sua qualidade relacional com seus colegas de trabalho ele terá mais condições psicológicas ou não para retornar após um período de afastamento, posto que ele é conhecedor das crenças, tabus, preconceitos, e representações que o processo de adoecimento tem entre os membros deste grupo.

 

Por sua vez, quando num processo de readaptação ele é inserido num novo contexto, ele terá neste processo de adaptação trabalhar com a perda dos vínculos anteriormente instituídos e também envidar esforços para o fortalecimento de outros. Podendo ser aceito ou não neste grupo, aceitar ou não pessoas neste novo átomo social que irá formar no trabalho.

 

A pesquisa mostra como o afastamento do trabalho leva a suspensão deste papel - o de trabalhador - e os elementos que emanam desse quadro produzem impactos psicossociais, tanto dentro como fora do contexto laboral, comprometendo sua qualidade de vida que influenciam a própria relação do indivíduo com ele mesmo, com os outros e com a sociedade.

 

Os autores concluem que a relação entre os fatores psicossociais e o processo de readaptação é complexo à medida que envolve aspectos individuais e subjetivos e incluem demandas do ambiente de trabalho e extraorganizacional.

 

“Mediante a complexidade de fatores que envolve o retorno ao trabalho, os resultados desta análise reforçam a relevância de medidas de intervenção interdisciplinar que auxiliem o trabalhador readaptado no redimensionamento dos seus modos de se organizar na vida e no trabalho, posto que, a intervenção visa proceder novas aprendizagens corporais, psicológicas e sociais”, diz Walnei.

 

“Nessas situações a experiência em abordagem interdisciplinar evidencia os esforços no sentido de unir concepções para visualizar o indivíduo como um todo, assegurando por meio de seus métodos e conceitos teóricos a concepção integral do trabalhador.”, complementa Maria Luiza

 

Reabilitação na universidade

Ambos ressaltam que, desde 2009, a Unesp incluiu nas ações do seu Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), a manutenção e desenvolvimento de programas de saúde, segurança do trabalho, qualificação e de assistência aos servidores, propiciando assim novos olhares sobre o processo saúde- doença de seus servidores.

 

Com a criação da COSTSA/PRAd, houve uma reestruturação dos processos de afastamento e retorno ao trabalho. Os casos de readaptação passaram a ser avaliados pela equipe de profissionais da própria instituição em junta médica e por uma Comissão de Apoio ao Servidor, a qual conjuntamente com o trabalhador a ser readaptado avalia sua recolocação no trabalho em consonância com as funções compatíveis, respeitando suas limitações.

 

Neste sentido, o processo de readaptação realizado pela Coordenadoria com apoio das Seções Técnicas de Saúde da Unesp, passou a conceber o processo de retorno ao trabalho numa compreensão mais abrangente, ou seja, numa abordagem bio-psico-social.

 

Além disso, observa-se que o processo de afastamento traz impactos significativo na vida dos trabalhadores e denotam também que o retorno ao trabalho requer o acompanhamentos. Isso porque o readaptando passa pela ressignificação na sua vida laboral.

Assessoria de Comunicação e Imprensa

 
Publicado: 2014-04-14
 

Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho Unesp se destaca em evento realizado em Bonito, MS, de 8 a 11 de abril

 
Divulgação
Kátia Aparecida Biazotti, Mariana Vasconcellos da Silva Nastri, Marisa Lorençon, Marcos Ricardo Datti Micheletto, Maria Luiza Gava Schmidt e Maria Cândida Soares Del-Massa, Silvia Cristina Pinceli
Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho
Unesp se destaca em evento realizado em Bonito, MS, de 8 a 11 de abril

[14/04/2014]

No período de 8 a 11 de abril, foi realizado o VI Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho (CBPOT), na cidade de Bonito, MS.

Na ocasião, membros da Coordenadoria de Saúde e Segurança do Trabalhador e Sustentabilidade Ambiental da Pró-reitoria de Administração (COSTSA/ PRAd) da Reitoria da Unesp foram destaque nas apresentações de trabalhos em diferentes modalidades. Na Mesa Redonda Institucional abordaram a temática 'Resgate das Potencialidades e Ressignificação com o Trabalho na Readaptação Profissional: um desafio transdisciplinar'.

Em outra Mesa Redonda, a temática 'Reflexões sobre Qualidade de Vida no Trabalho: balanço crítico das práticas hegemônicas e relatos intervenção no setor público' foi o tema compartilhado com o Professor Mário Ferreira, docente da UnB, momento oportuno para intercâmbio entre instituições de ensino superior sobre uma temática de extrema relevância na atualidade.

Na modalidade Relatos de Experiências foram apresentados os trabalhos sob coordenação da docente Maria Luiza G. Schmidt: 'Políticas Públicas e Organizacionais' e 'A Gestão da Saúde do Trabalhador da Universidade Estadual Paulista (Unesp): Estruturação, Ações e Resultados', este último sobre a temática da COSTSA.

Em parceria com a Seção Técnica de Saúde do campus de Botucatu foi apresentado um trabalho, na modalidade pôster, intitulado 'Ações da psicologia no âmbito da readaptação profissional: resgate dos valores pessoais e profissionais entre trabalhadores em processo de readaptação'.

Somaram-se a essas apresentações o lançamento do Livro da COSTSA/PRAd, ?Readaptação Profissional: da teoria à prática', organizado pelas docentes Maria Luiza Gava Schmidt (Departamento de Psicologia Experimental e do Trabalho - FCL - Câmpus de Assis) e Maria Candida Soares Del-Masso (Departamento de Educação Especial FFC - Câmpus de Marília).

O livro inaugura a multiplicação de conhecimentos gerados pela Coordenadoria de Saúde e Segurança do Trabalhador e Sustentabilidade Ambiental, da Pró-Reitoria de Administração - PRAd, da Universidade Estadual Paulista - Unesp, contribuindo assim com o princípio desta instituição, no que tange à criação e transmissão do saber.

Além das apresentações, os participantes tiveram oportunidade de assistir e participar de debates sobre vários temas do campo de atuação da psicologia, saúde do trabalhador e políticas públicas, entre outros. A troca de experiências entre profissionais de outras instituições também foram valiosas para novas parcerias com a Unesp.

O evento foi promissor para capacitação dos profissionais, bem como para contribuir com a Missão da Unesp, de gerar, difundir e fomentar o conhecimento gerado nesta instituição.

Representaram a Unesp no evento Kátia Aparecida Biazotti, Mariana Vasconcellos da Silva Nastri, Marisa Lorençon, Marcos Ricardo Datti Micheletto, Maria Luiza Gava Schmidt e Maria Cândida Soares Del-Massa, Silvia Cristina Pinceli (ver foto).Todos os participantes apresentaram trabalhos e participaram ativamente das discussões nas diferentes modalidades.

Assessoria de Comunicação e Imprensa
 
Publicado: 2014-04-14 Mais...
 

Lançamento do Livro Readaptação Profissional: da teoria à prática

 
Foi lançado o Livro Readaptação Profissional: da teoria à prática.  
Publicado: 2014-04-14 Mais...
 

COORDENADORIA DE SAÚDE SEGURANÇA DO TRABALHADOR E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL recebeu durante o 7º Congresso de Reabilitação e Readaptação Profissional o 4º Prêmio - Categoria Órgãos Públicos, setembro/2013 .

 

COORDENADORIA DE SAÚDE SEGURANÇA DO TRABALHADOR E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL recebeu durante o   7º Congresso de Reabilitação e Readaptação Profissional  o 4º Prêmio - Categoria Órgãos Públicos, setembro/2013

 

 
Publicado: 2014-03-01 Mais...
 

COSTSA REALIZA O V SEMINÁRIO ANUAL

 

Com objetivo de promover debates e o aprofundamento do conhecimento nas áreas de saúde e segurança do trabalhador e sustentabilidade ambiental, buscando valorizar o ambiente de trabalho

saudável e promover ações para proteger a saúde física e mental dos trabalhadores da Universidade, comunicamos que ocorrerá o V Seminário da Coordenadoria de Saúde e Segurança do Trabalhador e Sustentabilidade Ambiental – COSTSA desta Universidade nos dias 04 a 06 de Novembro de 2013, no Orotour Garden Hotel em Campos do Jordão-SP.

Público Alvo: Profissionais que atuam nas Seções Técnicas de Saúde:equipe médica, equipe técnica e administrativa.

Data: 04 a 06 de Novembro de 2013

Local: Orotour Garden Hotel em Campos do Jordão-SP.

Endereço: R Eng. Gustavo Kaiser, 165 - Vila Natal - Campos do Jordão

 
Publicado: 2013-10-30 Mais...
 

Unesp realiza III Fórum de Gestão e Saúde no Trabalho

 

Objetivo é fortalecer ações de promoção da saúde com apoio dos gestores das unidades

[29/10/2013]

http://www.unesp.br/portal#!/noticia/12482/unesp-realiza-iii-forum-de-gestao-e-saude-no-trabalho/

 

 
Publicado: 2013-10-30 Mais...
 
1 a 12 de 12 itens