Incubadora Universitária e Cooperativa de Catadores: Apoio em diferentes cenários

Maria Zanin, Letícia Dal Picolo Dal Secco-Oliveira, Carolina Valente Santos, Cristine Diniz Santiago, Bernardo Arantes do Nascimento Teixeira

Resumo


Considerando o surgimento das Incubadoras Tecnológicas de Cooperativas Populares (ITCP) em meados de 1990 nas universidades e sua assessoria a empreendimentos econômico-solidários, busca-se nesse artigo analisar a atuação de uma ITCP, o Núcleo Multidisciplinar e Integrado de Estudos, Formação e Intervenção em Economia Solidária (NuMI-EcoSol) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) em seu apoio à Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de São Carlos/SP (Coopervida). Foi realizada uma pesquisa documental no banco de dados do NuMI-EcoSol e descritos três cenários referentes ao histórico da assessoria à Coopervida, compreendendo: unificação das cooperativas; formação de comissão de apoio à Coopervida; e criação do Fórum Comunitário de Resíduos Sólidos de São Carlos/SP. A análise, baseada nos 22 comportamentos esperados da equipe do NuMI-EcoSol em relação aos grupos e empreendimentos assessorados, permite identificar que nove comportamentos estiveram evidenciados, os quais se alteram nos diferentes cenários, refletindo as necessidades de diferentes estratégias no processo de assessoria. Destes nove comportamentos, seis estão presentes em todos os cenários, dois apenas no primeiro e um nos cenários dois e três. Fica explícita a importância da assessoria do NuMI-EcoSol à Coopervida e aproximação enquanto parceiro, no seu entendimento, suporte e resistência, com foco nos processos de atuação técnica e política, viabilizando a sobrevivência e autonomia da Coopervida.

 


Palavras-chave


Economia Solidária. Cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis. Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares. Assessoria.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei nº 12.305 de 02 de agosto de 2010. Política Nacional de Resíduos Sólidos. Brasília, DF, 2010.

CÁRITAS BRASILEIRA. Resultado da Seleção Pública de Projetos. Brasília, 2015. Disponível em: https://goo.gl/druHqD. Acesso em: 14 fev. 2017.

CASTRO, A. Coleta seletiva funciona com precariedade em São Carlos. K3, 16 jan. 2013. Disponível em: https://goo.gl/63oq9w. Acesso em: 13 jun. 2013.

CATAFORTE. Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias. Fortalecimento do Associativismo e Cooperativismo dos Catadores de Materiais Recicláveis. Edital 2014/023, Termo de Referência, 2013.

CORDEIRO, L. F. Cooperados abandonam Coopervida em São Carlos. Jornal 1ª Primeira Página. São Carlos, 10 jan., 2013. Disponível em: https://goo.gl/PiyTGf. Acesso em: 17 jan. 2017.

CORTEGOSO, A. L.; MASCIO, C. C.; GALVINO, E. R.; MONACO, G. DEL; SHIMBO, I.; ZANIN, M. 2007a. Método de incubação da INCOOP/UFSCar: exame de duas experiências. Revista Proposta, n. 112, p. 34-45, 2007.

CORTEGOSO, A. L.; SHIMBO, I.; ZANIN, M. Comportamentos ao incubar empreendimentos solidários: a descrição do fazer coletivo como referencial para o fazer de cada um. In: CORTEGOSO, A. L.; LUCAS, M. (Orgs.) Psicologia e Economia Solidária – interfaces e perspectivas. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2008. pp. 117-136.

CORTEGOSO, A. L.; POMPERMAIER, H. M.; OLIVEIRA, M. A.; GODOY, T. M. P. (Orgs.) Economia Solidária: a experiência da UFSCar em uma década de ensino, pesquisa e extensão. São Carlos: EdUFSCar, 2016. 311 p.

CRUZ-SOUZA, F., CORTEGOSO, A. L., ZANIN, M., SHIMBO, I. Las incubadoras universitarias de economía solidaria en Brasil – Un estudio de casos. REVESCO. Revista de Estudios Cooperativos, v. 106, p. 274-94, 2011. Disponível em: https://goo.gl/W1mVyr. Acesso em: 17 jan. 2017.

GEISA. Grupo de Estudos e Intervenções Socioambientais. Por que não está tendo coleta seletiva em São Carlos? São Carlos, 2015. Disponível em: https://goo.gl/JiswQb. Acesso em: 14 fev. 2017.

GIRE³. GIRE³ participa de conversa com Coopervida. São Carlos, 2013. Disponível em: https://goo.gl/JaArh3. Acesso em: 14 fev. 2017.

GUTIERREZ, R. F.; ZANIN, M. A relação entre tecnologias sociais e economia solidária: um estudo de caso em uma cooperativa de catadores de resíduos. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, v.1, p. 129-148. 2013. Disponível em: https://goo.gl/0c3cSW. Acesso em: 17 jan. 2017.

IPEA. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Diagnóstico sobre os catadores de resíduos sólidos. Brasília: Ipea, 2012. 70p. Disponível em: http://goo.gl/gvPPkS. Acesso em: 01 abr. 2016.

MARQUES, K. Coleta Seletiva está com serviço comprometido em São Carlos. Jornal 1ª Primeira Página. São Carlos, 16 mai. 2013. Disponível em: https://goo.gl/97fpil. Acesso em: 13 jun. 2013

MARTINS, G. F; SORBILLE, R. N. O processo de unificação das Cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis de São Carlos e de reformulação do modelo de contrato pactuado entre a cooperativa e a Prefeitura Municipal de São Carlos/SP. In: ZANIN, M.; GUTIERREZ, R. F. (Org.). Cooperativas de Catadores: reflexões sobre práticas. 1 ed. São Carlos: Claraluz, 2011, p. 169-210, 2011.

MECCA, A; SAMPAIO, H; SILVA, D; VENITELLI, V. Relatório Final. Programa de Extensão Universitária (PROEXT), 2014. São Carlos: UFSCAR, 2015.

NUMI-ECOSOL. Método de incubação. NuMI-EcoSol, São Carlos, SP, 2012. 27 p. Disponível em: https://goo.gl/Z0wBVz. Acesso em 30 jun 2016.

PINHEL, J. R., ZANIN, M. MÔNACO, G. Catador de Resíduos Recicláveis: um perfil profissional em construção. In: ZANIN, M.; GUTIERREZ, R. F. (Org.). Cooperativas de catadores: reflexões sobre práticas. São Carlos: Claraluz, p. 52-101, 2011.

SANTIAGO, C. D.; JUNIOR, D. J. S.; MACIEL, G. B.; PETINARI, I. B.; RYTER, M.; PUGLIESI, E. Aplicação da observação participante no Diagnóstico socioambiental da Coopervida – cooperativa de reciclagem de São Carlos/SP. In: XXIX Congreso de la Asociación Latinoamericana de Sociología, 2013, Santiago, Chile. Anais…, Santiago, Chile, 2013. Disponível em: https://goo.gl/gOazM6. Acesso em 17 jan. 2017.

SÃO CARLOS. Contrato nº 77/12. Contrato que entre si celebram o município de São Carlos - Prefeitura Municipal de São Carlos e COOPERVIDA - Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis. São Carlos, SP, 2012.

______. Câmara Municipal. Aprovado apelo à Prefeitura para cumprir contrato com COOPERVIDA. São Carlos, SP, 2013a. Disponível em: https://goo.gl/yUDcUG. Acesso em: 14 fev. 2017.

______. Câmara Municipal. Política municipal de economia solidária foi tema de audiência pública em São Carlos. São Carlos, SP, 2013b. Disponível em: https://goo.gl/8YitET. Acesso em: 14 fev. 2017.

______. Contrato nº 12/15. Contrato que entre si celebram o Município de São Carlos - Prefeitura Municipal de São Carlos e Coopervida - Cooperativa de Trabalho de Catadores de Materiais Recicláveis de São Carlos". São Carlos, SP, 2015a.

______. Câmara Municipal. Sessão Ordinária 23 de junho de 2015. São Carlos, SP, 2015b. Disponível em: https://goo.gl/mbSM0n. Acesso em: 19 fev. 2017.

SECCO, L. D. P. D. Economia solidária e dinâmica familiar de catadores de materiais recicláveis: um estudo no campo ciência, tecnologia e sociedade, 2014. 180 f. Dissertação (Mestrado em Ciência, Tecnologia e Sociedade). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014. Disponível em: https://goo.gl/8Tqf89. Acesso em: 25 jan. 2017.

SG/PR. Secretaria Geral da Presidência da República. Edital de seleção pública nº 001/2013, Brasília, DF, 2013. Disponível em https://goo.gl/DfzuYf. Acesso em 17 jan. 2017.

SINGER, P. Introdução à Economia Solidária. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2002.

SOUZA, M. C. A. F.; AZEVEDO, A.; OLIVEIRA, L. J. R.; BALDEÓN, N. T. Incubadora Tecnológica de Cooperativas — ITCP x Incubadora de Empresas de Base Tecnológica — IEBT — Diferenças e semelhanças no processo de Incubação. Revista Iberoamericana de Ciência, Tecnologia, Sociedad e Inovación, n. 6, 2003. Disponível em: https://goo.gl/neg46b. Acesso em: 17 jan. 2017.

ZANIN, M. Busca de melhor inserção no mercado da reciclagem de resíduos por meio de investigação e ação conjuntas entre universidade e cooperativa de catadores. Relatório técnico referente ao período de fev. 2006 à fev. 2008. Processo CNPQ nº 554168/2005–7 – CT – Hidro, São Carlos, SP, 2008. 40p.

ZANIN, M.; GUTIERREZ, R. F.; TARGA, L. G. Construção coletiva para implementação e uso de uma unidade de beneficiamento de plástico por três cooperativas de catadores. In: ZANIN, M.; GUTIERREZ, R. F. (Org.). Economia solidária: tecnologias em reciclagem de resíduos para geração de trabalho e renda [Internet]. São Carlos: Claraluz; 2009.

ZANIN, M.; GUTIERREZ, R. F.; TARGA, L. G.; FRANCA, L. M.; FRANCESCHINI, G. Parceria entre universidade e Gestor Público Municipal para fomentar a Economia Solidária e ampliar as atividades da Cooperativa de Catadores de São Carlos/SP. In: ZANIN, M.; GUTIERREZ, R. F. (Org.). Cooperativas de Catadores: reflexões sobre práticas. 1 ed. São Carlos: Claraluz, v. 1, p. 229-253, 2011.

ZANIN, M.; TEIXEIRA, B. A. N. Articulação de Cooperativas de Catadores: Aspectos Fomentadores de Rede. In: Primeiro Congresso de Pesquisadores de Economia Solidária (I CONPES), 2015, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: UFSCar, 2015. Disponível em: https://goo.gl/JUIcqq. Acesso em: 17 jan. 2017.




Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.