Conhecimento sobre bem-estar e guarda responsável de cães e gatos domiciliados e semi-domiciliados

Daniela Pedrassani, Daniele de Cassia Karvat

Resumo


O aumento no número de animais errantes, associado ao descuido e desconhecimento de muitos tutores em relação à responsabilidade ao adquirir um animal e o seu bem-estar, são fatores que motivaram este estudo. Assim, utilizando um formulário objetivou-se analisar o conhecimento sobre bem-estar animal e guarda responsável dos tutores de cães e gatos domiciliados e semi-domiciliados da área urbana do distrito de Marcilio Dias, Canoinhas-SC. Os dados foram avaliados por análises descritivas, e para avaliação de ocorrência de associação entre as variáveis (renda, escolaridade e idade) foram empregados os Testes de Qui quadrado (c2) e Exato de Fisher (p?0,05). Dos 100 tutores entrevistados 58% possuíam algum conhecimento sobre bem-estar, e 63% possuíam algum conhecimento sobre guarda responsável. Verificou-se que o conhecimento dos tutores em relação a tais questões, ainda é limitado e não está sendo colocadoem prática. Isso demonstrou a necessidade da atuação dos médicos veterinários na instrução e orientação em relação a esses temas ligados à saúde pública, bem-estar e guarda responsável.

 

Palavras-chave


Animais de estimação. Zoonoses. Saúde Pública. Instrução.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.