A contribuição da Odontologia ao Departamento Médico Legal de Vitória/ES

Luciana Vigorito Magalhães, Talita Malini Carletti, Maryane Barcellos do Nascimento, Karina Tonini dos Santos Pacheco, Roberto Sarcinelli Barbosa, Kátia Souza Carvalho

Resumo


O artigo informa, através de um relato de experiência, a contribuição da Odontologia ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória/ES, a fim de explicitar o valor da Odontologia neste local, além da importância da disciplina de Odontologia Legal no currículo do curso da graduação e realização de atividades extramuros que podem ser desenvolvidas. O objetivo deste artigo é relatar e compartilhar experiências sobre as atividades desenvolvidas no Projeto de Extensão “Odontologia Legal no DML”. Através da participação de graduandos como estagiários no setor de Antropologia Forense, pode-se mostrar o papel imprescindível do cirurgião-dentista no auxílio à identificação humana, através da utilização de fichas desenvolvidas para confrontar com dados de ossadas arquivadas, além de dinamizar as anotações e facilitar o entendimento. Assim, a interação com outros profissionais e setores permitiu uma vivência multidisciplinar e maior conhecimento sobre a estrutura e funcionamento do DML, estimulando a participação de estudantes numa área pouco explorada na Odontologia.

Palavras-chave


Odontologia Legal. Antropologia Forense. Identificação Humana.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSIS, C. Perícia Odonto Legal. Revista Brasileira de Odontologia, Rio de Janeiro, v. 68, n. 1, p. 72-75, jan./jun. 2011.

CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA (Brasil). Consolidação das Normas para Procedimentos nos Conselhos de Odontologia, aprovada pela Resolução nº 63, de 18 de maio de 2005. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 19 maio 2005. Seção 1, p. 104. Disponível em: . Acesso em: 28 jul. 2016.

COSTA, L. R. S. Estimativa da idade através da análise das suturas cranianas: contribuição para a antropologia forense. 2002. Tese (Doutorado em Radiologia – Área de Odontologia Legal e Deontologia). Universidade Estadual de Campinas, Piracicaba, 2002.

ESPÍRITO SANTO. Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social. Vitória, 2010. Disponível em: . Acesso em: 28 jul. 2016.

FRARI, P. et al. A importância do odontolegista no processo de identificação humana de vítima de desastre em massa. Sugestão de protocolo de exame técnico-pericial. Revista Odonto, São Bernardo do Campo, v. 16, n. 31, p. 38-44, jan./jun. 2008.

GALVÃO, M. F. Importância do cirurgião-dentista nos IML. Brasília: Coordenação de Pós-graduação, Faculdade de Medicina, Universidade de Brasília, 1998. Disponível em: . Acesso em: 28 jul. 2016.

JORDÃO, N. Q.; SANTIAGO, A. P. A. C. S.; MONTENEGRO, J. B. Identificação de corpos carbonizados no IML-PE. Derecho y Cambio Social, Lima, v. 31, jan. 2013. Disponível em: Acesso em: 28 jul. 2016.

MAGALHÃES, L. V.; PACHECO, K. T. S.; CARVALHO, K. S. O potencial da Odontologia Legal para a identificação humana das ossadas do Departamento Médico Legal de Vitória/ES. Revista Brasileira de Odontologia Legal, Ribeirão Preto, v. 2, n. 2, p. 5-19, 2015.

OLIVEIRA, R. N. et al. Contribuição da odontologia legal para a identificação "post-mortem". Revista Brasileira de Odontologia, Rio de Janeiro, v. 55, n. 2, p. 117-122, mar./abr. 1998.

OLIVEIRA, R .N. et al. Perda dentária post mortem em processos de identificação humana. Odontologia e Sociedade, São Paulo, v. 1, n. 1/2, p. 35-38, 1999.

PARANÁ. Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária. (SESP-PR). Instituto Médico Legal: Polícia Científica. Curitiba, 2014. Disponível em: . Acesso em: 28 jul. 2016.

PEREIRA, C. B.; ALVIM, M. C. M. Manual para estudos craniométricos e cranioscópicos. Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria,1979.

REZENDE, E. J. C. et al. Lesões buco-dentais em mulheres em situação de violência. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo, v. 10, n. 2, p. 202-14, 2007.

SANTOS, U. D. D. Principais meios de identificação humana em odontologia legal. 2011. Monografia (Especialização em Odontologia Legal) - Instituto de Ciências da Saúde, Faculdades Unidas do Norte de Minas – Funorte, Contagem, 2011.




Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.