Os caminhos do ensino e extensão no Jardim Botânico do Rio de Janeiro

David Ricardo Moreira Ramos, Ariane Luna Peixoto

Resumo


O objetivo deste artigo é relatar as experiências de ensino e extensão do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro-JBRJ, relacionando-as ao contexto das atividades de pesquisa que são realizadas nesta instituição. O JBRJ é uma instituição bicentenária que nos últimos vinte anos vive momento de expansão e conquistas.  A importância dos jardins botânicos como instituições importantes na conservação das plantas e no estímulo à elevação da consciência ambiental da sociedade é reconhecida pela comunidade científica e pela sociedade.  Neste sentido, ao longo de sua história, o Jardim Botânico do Rio de Janeiro tem exercido um papel importante na formação de cientistas no campo da botânica e da conservação da biodiversidade. As atividades de extensão, tais como a capacitação profissional de jovens e a oferta de oficinas e cursos à sociedade também tem sido foco da atuação da instituição há muitos anos.  Com a criação da Escola Nacional de Botânica Tropical, em 2001, as atividades de ensino e extensão são formalizadas no JBRJ e ganham uma nova dimensão no contexto da instituição de integrando-as à pesquisa com o objetivo da conservação da biodiversidade.Me


Palavras-chave


Botânico. Ensino. Extensão. Botânica. Biodiversidade

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
Revista Ciência em Extensão by Pró-Reitoria de Extensão Universitária - UNESP - Brasil is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at ojs.unesp.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/about/editorialPolicies#custom0.