Estimativa da curva de retenção de água no solo por função de pedotransferência

Jhosefe Bruning, Adroaldo Dias Robaina, Marcia Xavier Peiter, Ricardo Boscaini, Chaiane Guerra da Conceição, Elisa de Almeida Gollo

Resumo


A curva característica de água no solo é um importante fator para descrever o comportamento físico-hídrico dos solos pois é de grande importância na agricultura, por apresentar aplicações científicas, técnicas e práticas. Desta forma, a estimativa da mesma pode ser feita através de diversos métodos, sendo o mais utilizado o método da câmara de Richards. Assim, o objetivo desse trabalho foi avaliar o modelo proposto por Arya e Paris, para estimar a umidade volumétrica para duas classes de solo, com base na análise textural. Foram selecionados na literatura solos oriundos de duas classes texturais e três locais de origem, onde foram utilizados os dados texturais para realizar a estimativa da curva de retenção de água no solo através dos parâmetros de Van Genuchten gerados através do programa Qualisolo e comparar com a curva gerada pelo método direto. Os resultados obtidos mostraram uma subestimação dos valores de umidades estimadas para os solos analisados, apresentaram coeficiente de determinação superiores a 0,87 relatando uma boa correlação entre as umidades observadas e estimadas. Portanto, conclui-se que os resultados mostraram uma boa alternativa de uso do método proposto por Arya e Paris para gerar a curva de retenção de água no solo de maneira satisfatória.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Cultura Agronômica: Revista de Ciências Agronômicas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Cultura Agronômica
Ilha Solteira - SP
E-ISSN 2446-8355
E-mail: rca.feis@unesp.br
    
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.