Influência da saturação por bases do solo sobre a disponibilidade e absorção de zinco

Felipe Augusto Reis Gonçalves, Felipe Oliveira Xavier, Rodrigo Rocha Silva, Leonardo Angelo de Aquino, André Mundstock Xavier de Carvalho, Roberto Ferreira Novais

Resumo


A saturação por base do solo pode influenciar a disponibilidade de zinco para as plantas. Portanto, objetivou-se avaliar a influência de doses de zinco e de crescentes saturações por bases de solo sobre a disponibilidade deste para plantas de milho. Para tal conduziu-se dois experimentos em casa de vegetação, sendo um referente a um solo arenoso e outro argiloso. Ambos em esquema fatorial 6 x 3, em delineamento inteiramente casualizados, com três repetições. O primeiro fator correspondeu a saturação por bases (V%) de cada solo, após curva de incubação com doses crescentes de calcário, e o segundo fator às doses estudadas de zinco (0, 5 e 25 mg dm-3). Avaliou-se a produção de matéria seca da parte área de plantas de milho, o teor e o acúmulo foliar de zinco, e o teor de zinco no solo após a condução dos experimentos. O aumento da dose de zinco proporcionou aumento de todas variáveis em estudos, em ambos experimentos, exceto para a matéria seca no solo arenoso. Esta, também, foi a única situação que os fatores atuaram de forma independente. O aumento da saturação por bases do solo proporcionou decréscimo das variáveis analisadas, sendo que o tipo de solo influencia na amplitude da resposta. Conclui-se que o aumento da dose de zinco contribui para aumento da disponibilidade e acúmulo de zinco para as plantas, sendo esta é afetada negativamente pelo aumento da saturação por bases do solo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Cultura Agronômica

Cultura Agronômica
Ilha Solteira - SP
E-ISSN 2446-8355
E-mail: rca@agr.feis.unesp.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional