ADUBAÇÃO FOSFATADA E NUTRIÇÃO FOLIAR NA CULTURA DA SOJA EM SOLO COM FERTILIDADE EM CONSTRUÇÃO

Cassiano Cavalli, Anderson Lange, Edilson Cavalli, Flávio Jesus Wruck, Patrick Hayra dos Santos

Resumo


O objetivo do trabalho foi avaliar um programa
de adubação na soja em que se variou a dose de fósforo na semeadura, as doses
de fertilizantes via jato dirigido no sulco e a aplicação de potássio e enxofre
foliar. O experimento foi conduzido na área da Agropel Sementes, localizada no
município de Sinop e os tratamentos consistiram-se de um fatorial (4 x 5 x 2)
resultante de doses (0, 30, 60 e 90 kg ha-1) de P2O5
aplicadas a lanço na semeadura, doses de fertilizante líquido contendo 11 % de
N e 37 % de P2O5, aplicado no sulco de semeadura (0, 5,
10, 15 e 20 L ha-1) e presença ou ausência de 2 L ha-1 de
fertilizante foliar contendo 37 % de K2O e 25 % de S aplicado em R3,
dispostos em um delineamento em blocos casualizados com quatro repetições. A
altura de plantas, a produtividade e o teor de fósforo e potássio no solo
apresentaram diferença significativa em relação às doses de fósforo de base. Em
relação à adubação foliar, a altura de plantas foi significativa. A aplicação
de fósforo de base aumentou a concentração do nutriente no solo repercutindo
assim em maior produtividade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Cultura Agronômica

Cultura Agronômica
Ilha Solteira - SP
E-ISSN 2446-8355
E-mail: rca.feis@unesp.br
    
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.