DISTRIBUIÇÃO NATURAL DE ESPÉCIES ARBÓREAS E AVALIAÇÃO DOS CARÁTERES SILVICULTURAIS PARA FINS DE INTEGRAR PROGRAMA DE CONSERVAÇÃO GENÉTICA IN SITU

Hemerson Fernandes Calgaro, José Cambuim, Alexandre Marques da Silva, Angelica Christina Melo Nunes, Salatiér Buzetti, Marcela Aparecida de Moraes, Mario Luiz Teixeira de Moraes

Resumo


Os caráteres silviculturais passaram a ter
importância no entendimento do processo sucessional e de distribuição das
espécies arbóreas e no planejamento de recomposição da paisagem. O objetivo do
trabalho foi avaliar os caráteres silviculturais e a distribuição espacial de
espécies arbóreas, em áreas com diferentes níveis de antropização para integrar
programa de conservação genética in situ.
O trabalho foi desenvolvido em área da Fazenda Experimental de Pesquisa e
Extensão da UNESP de Ilha Solteira, município de Selvíria-MS. Por meio de
transecto foram demarcadas 64 parcelas equidistantes de 50 m com dimensões de
10 x 10 m, sendo: 29 parcelas em área altamente antropizada; cinco em área
medianamente antropizada; 15 em área pouco antropizada (APA); seis na mata
ciliar do córrego da Véstia e nove na Reserva legal. Avaliou-se altura,
diâmetro a altura do peito (DAP), forma, e a autocorrelação espacial.
Conclui-se que: o nível de antropização e conservação das áreas influenciam a
ocorrência natural, diversidade de espécies e desenvolvimento dos indivíduos
arbóreos; a altura, DAP e forma são bons indicadores para avaliar o crescimento
das espécies arbóreas; a APA e a Reserva legal apresentam maior ocorrência
natural, número de indivíduos e número de espécies; na Mata ciliar os valores
de área basal, altura e forma são superiores. Por não apresentar estruturação
em nenhuma das classes de distâncias, pertinente ao estudo de distribuição
espacial, a espécie mais indicada para integrar a um programa de conservação
genética in situ é Astronium fraxinifolium.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Cultura Agronômica: Revista de Ciências Agronômicas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Cultura Agronômica
Ilha Solteira - SP
E-ISSN 2446-8355
E-mail: rca.feis@unesp.br
    
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.