AGREGAÇÃO DE VANTAGEM COMPETITIVA A PARTIR DO SELO DE PROCEDÊNCIA: O CASO DO VALE DOS VINHEDOS NO RIO GRANDE DO SUL

Suellen Moreira de Oliveira, Luciane da Silva Rubin, Tânia Nunes da Silva

Resumo


O presente estudo tem o objetivo de analisar as
vantagens competitivas a partir do processo produtivo de inovação por meio da
indicação de procedência do Vale dos Vinhedos. Para alcançar tal objetivo,
faz-se uma análise do atual cenário do setor, através de entrevista junto às
empresas Miolo, Valduga e Voluntano e ainda pesquisas bibliográficas
exploratórias em relação ao assunto abordado. A análise indica que as vantagens
competitivas adquiridas devem-se, principalmente, às estratégias a partir da
conquista do selo de procedência. Além disso, a conquista do selo tem
contribuído para a inclusão da agricultura familiar, para a formação de novas
atividades, como o enoturismo e para o desenvolvimento da região.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2010 Cultura Agronômica: Revista de Ciências Agronômicas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Cultura Agronômica
Ilha Solteira - SP
E-ISSN 2446-8355
E-mail: rca.feis@unesp.br
    
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.