DESENVOLVIMENTO, FORMAÇÃO, MATURAÇÃO E GERMINAÇÃO DAS SEMENTES DE CAFEEIRO (Coffea arabica L.) DOS CULTIVARES MUNDO NOVO E CATUAÍ

Enes Furlani Junior, Carlos Eduardo Madureira Barbosa, Maurício Rotundo, Fábio da Silva Tosta, Débora Cristiane Nogueira

Resumo


Com o objetivo de avaliar o ponto ideal de
colheita de sementes de café (cultivar Catuaí e Mundo Novo), para a
determinação do máximo potencial germinativo e das características de
desenvolvimento da plântula (altura total das plantas, o número de pares de
ramos, o diâmetro do caule e o comprimento da saia), para a determinação da
qualidade de mudas de café, foi desenvolvido um experimento no ano agrícola
1999/2000, na área experimental da F.E./UNESP - Campus de Ilha Solteira,
localizada no município de Selvíria-MS. O cultivar Catuaí se mostrou em média
significativamente superior ao Mundo Novo em incremento em altura total das
plantas e em número de pares de ramos. O cultivar Catuaí se mostrou em média
significativamente superior ao Mundo Novo em incremento em altura total das
plantas e em número de pares de ramos. O Catuaí iniciou sua maturação aos 145
d.a.f. (dias após o florescimento), enquanto o Mundo Novo iniciou sua maturação
aos 175 d.a.f.; sendo que aos 235 d.a.f. o Catuaí apresentou 55.55% de seus
frutos em estádio de coquinho, enquanto que o Mundo novo apresentou 86,25%.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2009 Cultura Agronômica: Revista de Ciências Agronômicas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Cultura Agronômica
Ilha Solteira - SP
E-ISSN 2446-8355
E-mail: rca.feis@unesp.br
    
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.